8 mitos de base e corretivo desmascarados

Corretivo de base
MITO: Existe um e apenas um fundamento para você.


verdade : Existem várias opções de cores para todos. A maneira mais rápida de encontrar o seu é procurar consultores de beleza, se houver. Os consultores com programas computadorizados de pesquisa de cores são ainda melhores. Um dos nossos favoritos é o sistema Foundation Match. Seu rosto e pescoço serão fotografados e as imagens serão enviadas para um computador que identificará o número do seu QI de cor e criará uma lista de correspondências. Sem ajuda disponível? Continue lendo...

MITO: Se você não sabe se seus tons são quentes ou frios, você nunca encontrará o tom certo.


verdade : A menos que você seja justo o suficiente para se queimar em ambientes fechados também, você precisa de uma base quente à base de amarelo para neutralizar a vermelhidão e adicionar brilho, diz a maquiadora Bobbi Brown. Se você for porcelana, deve procurar um primer à base de rosa.

MITO: Sua tonalidade deve corresponder exatamente à sua tez.


verdade : As fórmulas tradicionais costumavam ser grossas e pesadas, então encontrar a combinação perfeita era importante, diz o maquiador Nick Barose. Mas com as fórmulas fáceis e misturáveis ​​de hoje, você pode se concentrar em encontrar uma base que simplesmente suavize sua tez e adicione um brilho brilhante. Se uma sombra parecer um pouco clara demais, passe uma base em pó mais profunda ou um pouco de bronzeador em toda a linha do cabelo (especialmente na região do couro cabeludo e na mandíbula) para aquecê-la, recomenda a maquiadora Mally Roncal. Se estiver um pouco escuro demais, misture uma quantidade do tamanho de uma ervilha de hidratante com a mesma quantidade de base que vai se misturar em uma cor mais clara, diz a maquiadora Carmindy.

MITO: Quanto mais ampla for a paleta de cores, mais fácil será encontrar o que combina.
verdade : A base, que vem em dezenas de tonalidades, tende a ser mais opaca, enquanto as marcas que oferecem menos tonalidades costumam ser transparentes - o que significa que cada tonalidade é compatível com uma gama mais ampla de tons de pele, diz Carmindy.

MITO: A melhor maneira de testar a base é escová-la nas costas da mão.
verdade : Você deve restringir suas opções a três tons e, em seguida, aplicar uma tira vertical fina em cada um que começa cerca de uma polegada na frente da orelha e se estende logo abaixo das maçãs do rosto até a mandíbula, diz Brown. Dessa forma, você pode ver como cada cor se mistura com a pele do seu rosto e pescoço.

MITO: Espelhos de maquiagem e tubos fluorescentes são ideais para testar a base.
verdade : Você precisa fazer seus testes em luz natural. Depois de escolher três opções, saia com um espelho de mão, diz Carmindy. O tom certo desaparece em sua pele.

MITO: Não importa se a base e o corretivo são da mesma marca.
verdade : As bases e corretivos da mesma linha geralmente são formulados com pigmentos e ingredientes semelhantes para que se misturem melhor, diz Barose.

MITO: Você deve sempre usar um corretivo que seja um tom mais claro do que a base.
verdade : Se o seu objetivo é clarear as olheiras, escolha um corretivo mais claro. Para manchas ou cicatrizes, no entanto, você precisará de uma sombra com base amarela que seja o mais próximo possível da sua base. Qualquer coisa mais leve destacará as áreas que você deseja cobrir, diz Carmindy. VÍDEO SEMELHANTE A tendência de treino mais quente que você deve verificar

Artigos Interessantes